Tecnologia Y

Yonos Blog


Deixe um comentário

2015: Mainline Power sem portes em yonos.pt

www.yonos.pt

‘A Mainline é uma calha eléctrica flexível, modular e simples. Basta apenas adicionar, remover e reposicionar as tomadas na mesma sempre que necessário.’

Mainline Portugal

Mainline Portugal

A partir de 01 de Janeiro de 2015… O modo inteligente, simples e flexível de aceder à rede de energia eléctrica e internet pode agora chegar até si sem ter que pagar portes de envio.

Durante 2015, a Yonos oferece o valor dos portes de envio, para encomendas de material Mainline Power efetuadas em www.yonos.pt, para Portugal (incluindo ilhas).

Veja: Calhas e acessórios desde 2,90€ em http://www.yonos.pt/pt/produtos/calhas-e-acessorios e tomadas desde 18,99€ em http://www.yonos.pt/pt/produtos/tomadas

Anúncios


Deixe um comentário

Smartpen + Mainline + IdeaPaint = Ensino de excelência

www.yonos.pt

Smartpen + Mainline + IdeaPaint = Ensino de excelência

Smartpen + Mainline + IdeaPaint = Ensino de excelência

A aptidão para ensinar inclui a capacidade para envolver a aprendizagem contínua e as relações pessoais, num processo de formação permanente de novos conhecimentos e experiências. À partida, quanto mais dinâmico for o sistema de ensino utilizado, mais completa será a experiência dos alunos com a instituição de ensino e com os próprios conteúdos leccionados. Então…

E se…

Os professores pudessem ter acesso ao processo de raciocínio do estudante para uma intervenção no momento certo? Os professores pudessem avaliar o progresso dos seus alunos pela análise de trabalhos escritos e verbais? Fosse possível apoiar o trabalho dos colegas num ambiente dinâmico de aprendizagem com base nos conteúdos preparados pelos estudantes?

E se…

Os ambientes de estudo tivessem maior flexibilidade e segurança, tanto para alunos como para professores? A utilização de tecnologia nas escolas não estivesse dependente do acesso à alimentação eléctrica? O design ou a alteração das salas não precisasse de depender da localização das tomadas eléctricas?

E se…

As salas de aula pudessem ser transformadas numa tela sem limites, dando aos professores e alunos o espaço que eles precisam para colaborar e acelerar o processo de aprendizagem? As paredes, as mesas e os quadros tradicionais, mesmo que já velhos, pudessem ser transformados em espaços mais funcionais e divertidos? Pudéssemos usar todas as paredes para criar um espaço único para ‘brainstorming’ e planeamento?

Pois bem, com a Smartpen, Mainline e IdeaPaint é possível. Ora veja…

Com a Smartpen, o que começa no papel, não tem, obrigatoriamente, que ficar lá para sempre. Esta caneta inteligente leva as nossas palavras e ideias para o mundo digital. A nova versão – Smartpen 3 da Livescribe – digitaliza as notas diretamente para o iPhone ou iPad e tem um design aerodinâmico que esconde uma quantidade surpreendente de tecnologia. O sistema de Bluetooth sem fios permite que a Smartpen 3 passe as notas, com rapidez e facilidade, para o dispositivo emparelhado. Saiba mais em http://www.yonos.pt/produtos/smartpen

Por sua vez, a Mainline pode proporcionar ambientes de estudo com maior flexibilidade e segurança, tanto para alunos como para professores. Os portáteis e os tablets são, praticamente, tão comuns hoje em dia, em cima de secretárias de estudo e bancadas de trabalho como o são os cadernos e as canetas. Contudo, a utilização de tecnologia nas escolas está dependente também de um factor único: o acesso à alimentação eléctrica. Aprendizagem flexível requer um ambiente de aprendizagem flexível. Saiba mais em http://www.yonos.pt/produtos/mainline

‘A utilização da Mainline permitiu toda uma nova série de oportunidades de aprendizagem. Já não precisamos de colocar os nossos alunos ao pé de uma tomada eléctrica e definir com antecedência onde a secretária vai ficar. Os alunos e os professores podem pegar num adaptador e ir para onde quiserem ter uma ligação eléctrica.’

Já a IdeaPaint transforma qualquer superfície num espaço capaz de manter os alunos e professores organizados, entretidos e conectados. Este conceito permite transformar uma parede da sala de aula no lugar onde as ideias acontecem. A IdeaPaint é divertida e funcional em lugares inesperados, transformando qualquer superfície num quadro sem limites. Saiba mais em http://www.ideapaint.com/

Saiba mais sobre outros produtos inovadores em http://www.yonos.pt/

 


Deixe um comentário

A história das tomadas para uso doméstico

www.yonos.pt

“Por que não há uma única tomada que poderia ser usada em todos os lugares?” É uma pergunta recorrente, especialmente entre frequentes (e muitas vezes frustrados) viajantes internacionais.

Calhas e tomadas Mainline

Calhas e tomadas Mainline

Os primeiros esforços para padronizar a tomada não foram bem-sucedidos. A II Guerra Mundial pôs fim a todas as discussões e a questão foi abandonada até 1950. Nessa altura, a maioria das empresas estava focada em servir os seus mercados nacionais e/ou regionais. Hoje, ter tantas tomadas diferentes é altamente inconveniente e dispendioso.

Em 1904, na Feira Mundial em St. Louis, cientistas e engenheiros de todo o mundo perceberam pela primeira vez que os padrões de eletrotécnica eram urgentemente necessários. A eletricidade era uma coisa nova e gerou um aumento do fluxo transnacional de ideias e produtos.

Os cientistas perceberam que precisavam de métricas comuns, terminologia e símbolos para construir com base na pesquisa de cada um e para facilitar o desenvolvimento e implementação das inovações.

Mais recentemente, na década de 1990, o CENELEC (Comité Europeu de Normalização Eletrotécnica), foi colocado sob pressão pela Comissão Europeia para elaborar um sistema de tomadas único para toda a Europa. O CENELEC teve como ponto de partida a norma IEC de 1986 e gastou milhares de horas de trabalho a realizar a tarefa quase impossível de modificar o desenho. Depois de muito trabalho e muitas reuniões, o CENELEC teve que admitir a derrota e abandonar os seus esforços, para grande desagrado da Comissão.

No entanto, à medida que o IEC continua a apontar padrões internacionais para as tomadas domésticas de 250V e 125V, existem efetivamente variações e estão, ainda hoje, à disposição de qualquer país que se preocupe em implementá-las. No entanto, até agora, apenas o Brasil e a África do Sul as adotaram.

Vai viajar ou quer apenas saber que tomadas estão em uso num determinado país (o seu ou outro)? Selecione um local para descobrir que tipo(s) de tomada, tensão e frequência são usados, clique num tipo de tomada para ver onde é usado ou escolha o potencial elétrico (ou a frequência) para ver todos os locais correspondentes. – http://www.iec.ch/worldplugs/map.htm.

The history of domestic use sockets

“Why isn’t there a single plug that could be used everywhere?” is a recurrent refrain, particularly among frequent (and frequently frustrated) international travellers.

Early efforts to standardize the plug had trouble taking hold. World War II put a halt to all discussions and the issue was dropped until the 1950s. At that point countries had most of their infrastructure in place and vested interests were built right into our walls. Most companies focused on serving their national or regional markets. Today, in the global market having so many different plugs and sockets is highly inconvenient and costly.

In 1904 at the World’s Fair in St. Louis scientists and engineers from around the world realized for the first time that standards for electrotechnology were urgently needed. Electricity was the new thing and it generated an increased transnational flow of ideas and products.

Scientists realized that they needed common metrics , terminology and symbols to build based on the research of each and to facilitate the development and implementation of innovations .

More recently, in the 1990s, CENELEC, in Europe, was put under pressure by the European Commission to devise a harmonized plug and socket system for Europe. CENELEC took as its starting point the IEC standard of 1986 and spent thousands of man-hours undertaking the almost impossible task of modifying the design with the aim of ensuring 100% risk-free operation of the system when used in conjunction with all the existing plug types in Europe. After much work and many meetings, CENELEC had to admit defeat and abandon its efforts, much to the chagrin of the Commission.

However, as the IEC continues to point out, internationally agreed standards for domestic plugs and sockets for the 250V and 125V ranges DO exist and are, even today, available to any country that cares to implement them. However, so far only Brazil and South Africa have adopted them.

Are you going to travel or do you just want to know which plugs are in use in a specif country (yours or other)? Select a location to discover what plug type(s), voltage and frequency are used there. Click on a plug type to see where it’s being used. Choose electric potential, or frequency to view all corresponding locations – http://www.iec.ch/worldplugs/map.htm.


Deixe um comentário

Calha elétrica Mainline em utilização

Este é um espaço de trabalho colaborativo, usado como uma sala de aula, uma área de estudo, uma área de demonstração ou exposição.

Calha elétrica Mainline em utilização

Calha elétrica Mainline em utilização

A universidade de Western Sydney (UWS) já completou 30 dessas salas, divididas pelos 4 campus, com Mainline. Isto para além dos 20 auditórios com a calha Mainline e tomadas debaixo de cada assento. A opinião dos utilizadores está em preparação.

A instalação apresentada na imagem é de 150 x 50 mm de condutas em alumínio, com a secção superior modificada para aceitar uma faixa da linha principal.

A cor eleita para o revestimento foi o preto, com as tomadas igualmente pretas, para que quando as pessoas entram na divisão vejam apenas um contorno escuro a toda a volta, mas a calha Mainline está lá… Instalada em toda a sala.

Mais informações sobre a calha elétrica Mainline em http://www.yonos.pt/produtos/mainline

Continuar a ler


Deixe um comentário

Mainline Power com solução de transmissão de dados na sua calha

Produto da Yonos na revista “O Electricista” de 19 de Junho de 2013

http://www.yonos.pt/produtos/mainline

“Mainline Power, especialista em soluções flexíveis de acesso à eletricidade, incorpora uma solução de transmissão de dados na sua calha: porta de dados Premium. Este inovador produto satisfaz a procura de flexibilidade de acesso a dados, sem depender da localização das tomadas. A Mainline Europa, em colaboração com a empresa britânica Power Ethernet, desenvolveu uma porta de dados Premium, uma solução de transmissão de dados Powerline que oferece ao utilizador uma grande flexibilidade de uso e instalação. Este acordo é uma consequência da crescente procura dos clientes da Mainline de incorporar uma solução de dados que se ajuste à sua calha de acesso flexível à eletricidade. Ao integrar este sistema na sua gama de tomadas, a Mainline Power oferece aos consumidores, eletricistas e instaladores uma ligação fácil e económica à rede, em vivendas e edifícios. As tomadas de energia, muito semelhantes às tradicionais, permitem a ligação à rede através da linha de energia elétrica e a uma tecnologia de transmissão de dados através de cabos.

A Mainline Power oferece a capacidade de mudar tanto o design como o uso do espaço em harmonia com as necessidades domésticas vitais e específicas de cada momento. A calha modular permite mover as tomadas e as portas de dados de forma rápida, fácil e segura, sem qualquer atraso, transtorno ou despesa associada às complexas instalações elétricas convencionais. As portas de dados Premium são similares às tomadas Mainline, ainda que substituam as tomadas de corrente por 4 portas de rede Ethernet. As portas podem ser movidas, retiradas e voltadas a colocar em segundos na calha, pelo que permitem uma rápida implantação das redes Ethernet em qualquer ambiente. A porta de dados Premium é compatível com toda a gama dos produtos da Mainline. A Yonos é a distribuidora da Mainline em Portugal.”

http://www.oelectricista.pt/?p=5132