Tecnologia Y

Yonos Blog


Deixe um comentário

Dia dos namorados: o que oferecer?

www.yonos.pt

Dia dos namorados na Yonos

Dia dos namorados na Yonos

Comprar o presente ideal para oferecer no dia dos namorados implica vontade de oferecer algo muito especial e surpreendente, o que pode ser um grande desafio. Se oferecer as tradicionais lembranças de amor não está nos seus planos, então ficam 10 sugestões originais:

1. Smartpen 3 da Livescribe

A nova caneta inteligente da Livescribe, que digitaliza notas diretamente para o iPhone ou iPad, tem um design aerodinâmico que esconde uma quantidade surpreendente de tecnologia. O sistema de Bluetooth sem fios permite que a LS3 passe as suas notas, com rapidez e facilidade, para o dispositivo emparelhado.

Smartpen Portugal

Smartpen Portugal

2. Auscultadores Zoro

Em busca da sonoridade perfeita, os auscultadores Zoro foram desenvolvidos para que se sinta como parte da música e para que possa desfrutar de cada pequeno detalhe, mostrando-lhe uma nova e incomparável perspetiva da música.

Auscultadores Zoro

Auscultadores Zoro

3. Auriculares Bassbuds

Esqueça os tradicionais auriculares que vieram com seu telemóvel ou mp3. Com os auriculares Bassbuds poderá ter uma experiência musical a outro nível, sendo que para além de controlar facilmente as suas músicas também pode fazê-lo em relação às suas chamadas, ficando com as mãos livres para as suas tarefas do dia-a-dia.

Auriculares Bassbuds

Auriculares Bassbuds

4. Auriculares para desporto (à prova d’água)

Os auriculares da H2O Audio, à prova de água (até um metro) e de suor, têm 3 adaptadores para os ouvidos para permitir um ajuste perfeito, durante a prática de desporto. É apropriado para atletas, para correr à chuva, para estar na piscina ou simplesmente para relaxar na banheira depois do exercício físico.

Auriculares para desporto

Auriculares para desporto

5. Coluna portátil Bluetooth

As colunas BassBoomz podem ser usadas com todos os dispositivos com tecnologia Bluetooth, como computadores, smartphones e tablets, mas também em dispositivos sem Bluetooth, através do cabo incluído. Uma vez conectadas, as BassBoomz proporcionam aos ouvintes uma experiência de som explosiva. Portáteis e, por isso, fáceis de transportar no bolso, criam um impressionante volume de amplificador digital. São perfeitas para todas as estações do ano, nomeadamente para serem usadas nas férias, em piqueniques no parque ou simplesmente em casa.

Colunas Bassboomz

Colunas Bassboomz

6. Capa para iPhone

A mais fina e mais leve capa de proteção de todos os tempos: proteção à prova d’água, poeira, neve e de choque, sem sacrificar o design fino e elegante. Ao usar as capas da Lifeproof é possível ter acesso a todas as funções do iPhone (como se não estivéssemos a utilizar qualquer proteção), incluindo a sua utilização em desportos radicais, inclusive filmar e tirar fotografias na água.

Capa para iPhone

Capa para iPhone

7. Braçadeira para iPhone para desporto

Uma braçadeira ajustável ao braço, para o iPhone (que requer o uso da capa protetora), que proporciona conforto durante os treinos, sendo que os pontos de silicone antiderrapantes mantêm a braçadeira no lugar durante as atividades mais longas e o material de licra lisa impermeável é perfurado para permitir que a pele respire na perfeição.

Braçadeira para iPhone

Braçadeira para iPhone

8. Relógio inteligente COOKOO

Para saber o que esperar quando decidir trocar o seu tradicional relógio de pulso, apresentamos neste artigo o conceito do COOKOO: um relógio analógico que faz integração com iPad, iPhone e iPod Touch. Tem ícones e botões interativos, dá alertas de notificações e permite que o seu utilizador execute algumas ações. Já para não falar que é à prova de água. O relógio utiliza a tecnologia Bluetooth 4.0 para se conectar ao dispositivo pretendido.

Relógio COOKOO

Relógio COOKOO

9. LUCI

A Luci é uma lanterna impermeável e desmontável que pesa apenas cerca de 128 gramas, podendo facilmente ser pendurada numa parede ou no tecto. É alimentada por pequenos painéis solares ligados a uma bateria de iões de lítio que fornece energia suficiente, com uma carga de 8 horas, para iluminar uma sala inteira durante um período de entre 6 a 12 horas seguidas. Possui dois ajustes de brilho, de modo que as suas 10 lâmpadas LED podem funcionar como iluminação de ambiente difusa ou como luz directa para a execução de tarefas. Pode ser muito útil para acampamentos, para integrar kits de emergência em casa (ou no carro) ou simplesmente para iluminar o seu jantar romântico de S. Valentim de uma forma original.

LUCI

LUCI

10. Smartpen Echo 8GB

Grave tudo o que ouve e escreve, de seguida pode ouvir o que gravou, bastando um simples toque nas suas notas. Transfira e guarde as suas notas no seu computador e depois procure essas mesmas notas por assunto. Exporte as suas notas e gravações para PDF ou ficheiros audio.

Smartpen Echo 8 GB

Smartpen Echo 8 GB

Consulte estes e outros produtos em www.yonos.pt

Anúncios


Deixe um comentário

A história das tomadas para uso doméstico

www.yonos.pt

“Por que não há uma única tomada que poderia ser usada em todos os lugares?” É uma pergunta recorrente, especialmente entre frequentes (e muitas vezes frustrados) viajantes internacionais.

Calhas e tomadas Mainline

Calhas e tomadas Mainline

Os primeiros esforços para padronizar a tomada não foram bem-sucedidos. A II Guerra Mundial pôs fim a todas as discussões e a questão foi abandonada até 1950. Nessa altura, a maioria das empresas estava focada em servir os seus mercados nacionais e/ou regionais. Hoje, ter tantas tomadas diferentes é altamente inconveniente e dispendioso.

Em 1904, na Feira Mundial em St. Louis, cientistas e engenheiros de todo o mundo perceberam pela primeira vez que os padrões de eletrotécnica eram urgentemente necessários. A eletricidade era uma coisa nova e gerou um aumento do fluxo transnacional de ideias e produtos.

Os cientistas perceberam que precisavam de métricas comuns, terminologia e símbolos para construir com base na pesquisa de cada um e para facilitar o desenvolvimento e implementação das inovações.

Mais recentemente, na década de 1990, o CENELEC (Comité Europeu de Normalização Eletrotécnica), foi colocado sob pressão pela Comissão Europeia para elaborar um sistema de tomadas único para toda a Europa. O CENELEC teve como ponto de partida a norma IEC de 1986 e gastou milhares de horas de trabalho a realizar a tarefa quase impossível de modificar o desenho. Depois de muito trabalho e muitas reuniões, o CENELEC teve que admitir a derrota e abandonar os seus esforços, para grande desagrado da Comissão.

No entanto, à medida que o IEC continua a apontar padrões internacionais para as tomadas domésticas de 250V e 125V, existem efetivamente variações e estão, ainda hoje, à disposição de qualquer país que se preocupe em implementá-las. No entanto, até agora, apenas o Brasil e a África do Sul as adotaram.

Vai viajar ou quer apenas saber que tomadas estão em uso num determinado país (o seu ou outro)? Selecione um local para descobrir que tipo(s) de tomada, tensão e frequência são usados, clique num tipo de tomada para ver onde é usado ou escolha o potencial elétrico (ou a frequência) para ver todos os locais correspondentes. – http://www.iec.ch/worldplugs/map.htm.

The history of domestic use sockets

“Why isn’t there a single plug that could be used everywhere?” is a recurrent refrain, particularly among frequent (and frequently frustrated) international travellers.

Early efforts to standardize the plug had trouble taking hold. World War II put a halt to all discussions and the issue was dropped until the 1950s. At that point countries had most of their infrastructure in place and vested interests were built right into our walls. Most companies focused on serving their national or regional markets. Today, in the global market having so many different plugs and sockets is highly inconvenient and costly.

In 1904 at the World’s Fair in St. Louis scientists and engineers from around the world realized for the first time that standards for electrotechnology were urgently needed. Electricity was the new thing and it generated an increased transnational flow of ideas and products.

Scientists realized that they needed common metrics , terminology and symbols to build based on the research of each and to facilitate the development and implementation of innovations .

More recently, in the 1990s, CENELEC, in Europe, was put under pressure by the European Commission to devise a harmonized plug and socket system for Europe. CENELEC took as its starting point the IEC standard of 1986 and spent thousands of man-hours undertaking the almost impossible task of modifying the design with the aim of ensuring 100% risk-free operation of the system when used in conjunction with all the existing plug types in Europe. After much work and many meetings, CENELEC had to admit defeat and abandon its efforts, much to the chagrin of the Commission.

However, as the IEC continues to point out, internationally agreed standards for domestic plugs and sockets for the 250V and 125V ranges DO exist and are, even today, available to any country that cares to implement them. However, so far only Brazil and South Africa have adopted them.

Are you going to travel or do you just want to know which plugs are in use in a specif country (yours or other)? Select a location to discover what plug type(s), voltage and frequency are used there. Click on a plug type to see where it’s being used. Choose electric potential, or frequency to view all corresponding locations – http://www.iec.ch/worldplugs/map.htm.


Deixe um comentário

Smartpen 3 em análise por K.G. Orphanides

www.yonos.pt

Ótimo para transformar as notas manuscritas em texto editável sem a necessidade de um PC, mas ainda só está disponível para iOS. A Smartpen 3 é uma caneta inteligente que permite tomar notas em qualquer lugar, como em reuniões e palestras, e transferir as notas para o seu iPad ou iPhone. Posteriormente pode transformar essas notas manuscritas em texto passível de ser editado e partilhado com outras pessoas que utilizem a aplicação da Livescribe e tenham um dispositivo iOS.

Smartpen 3

Smartpen 3

A Smartpen 3 usa a mesma tecnologia que as suas antecessoras para capturar todos os detalhes do que escrever ou desenha. Uma câmara de infravermelhos embutida deteta a localização da ponta da caneta no papel especial (da Livescribe) que tem um padrão de pontos que não se repetem. Pode comprar esse mesmo papel ou imprimi-lo usando uma impressora a laser. A versão base que analisamos vem com um caderno para iniciação de 50 páginas incluído.

Como as canetas anteriores da Livescribe, a Smartpen 3 tem um armazenamento interno que mantém cópias digitais de tudo o que se escreve no papel. Ao contrário dos modelos anteriores, esta caneta inteligente foi projetada para uso com um iPad ou iPhone, através do sistema de Bluetooth. Assim pode transmitir tudo o que escreve no caderno para a aplicação Livescribe + para o iPad quase em tempo real. Como o ‘Bluetooth Low Energy’ (BLE) não consome muita energia, é possível manter o tablet e a caneta emparelhados e ativos por longos períodos de tempo: a bateria da caneta dura cerca de 14 horas.

Smartpen 3

Smartpen 3

Ao contrário dos modelos anteriores, a Smartpen 3 parece-se com uma caneta comum com uma ponta retrátil. Basta torcer o anel de metal no centro, o qual liga ao mesmo tempo o dispositivo. Uma entrada micro USB na parte traseira da caneta é usado para carregar o dispositivo e está revestida por uma pequena tampa de borracha, que serve também de caneta para o ecrã tátil do dispositivo iOS. Isto não acrescenta vantagem à escrita, mas é útil para controlar o tablet sem ter de colocar a caneta para baixo e percorrer as notas com o dedo.

A Smartpen 3 é muito mais leve que as versões anteriores, mas não tem ecrã embutido nem o gravador de voz que as outras têm.

Pode usar o papel especial do caderno para gravar, pausar e parar as gravações de áudio na aplicação Livescribe +. O papel também tem ícones que podem ser usados para adicionar páginas a diferentes categorias, através das opções de destaque. A Livescribe tornou muito fácil o acesso a funções dominantes, como o reconhecimento da escrita e a sua transformação em formato digital, possível de ser alterado. Quando se trata de reconhecimento de escrita, a aplicação suporta Inglês, Alemão, Espanhol, Francês e Italiano, bem como algumas variações regionais.

Smartpen 3

Smartpen 3

As notas são colocadas no ‘Feed’ da aplicação Livescribe +, onde aparece tudo o que é criado, no tempo, e as coisas aparecem quase em tempo real. Isto inclui não só as notas e as gravações de áudio associadas, mas também fotos (que podem ser tiradas posteriormente e anexadas à nota em questão).

Traduzido e adaptado de http://www.expertreviews.co.uk/gadgets/1303735/livescribe-3

Continuar a ler


Deixe um comentário

Começar o ano ao estilo Yonos

www.yonos.pt

São 7h00 e o iPhone desperta-me para mais um dia de trabalho ao som da minha música preferida. Ainda meio ensonado, estico o braço para o copo pousado na mesa de cabeceira e… Uuups entorno toda a àgua por cima do iPhone. Há maneiras melhores de começar o dia, mas como estou a usar a minha capa da Lifeproof é só secá-la e ganhar forças para me levantar.

Começar o ano ao estilo Yonos

‘Começar o ano ao estilo Yonos’

Com o comando da Leviton coloco o modo de alarme em ‘DAY’ e levanto-me. Claro que também o podia ter feito com o iPhone, usando o ‘Snap-Link’, mas o comando estava mesmo à mão.

Na casa de banho a temperatura está agradável. Boa decisão de instalar o sistema da Leviton para manter um ambiente agradável logo pela manhã. Tudo controlado…

Um bip no iPhone relembra-me que tenho de levar a escritura ao banco hoje. Hummm… E agora, onde está? Recorro ao iPhone, à aplicação WiW (WhereIsWhat) da Yonos, digito “escritura” e tenho a indicação “casa > escritório > secretária > gaveta de baixo”. Vou diretamente buscá-la para não me esquecer de a levar. Meio caminho andado para chegar a horas ao trabalho.

Na cozinha, enquanto preparo o pequeno-almoço ligo a TV. Quero ouvir as notícias, mas os miúdos deixaram a televisão no canal de música e não sei onde está o comando. Ainda bem que tenho o ‘FLPR’ à mão. Coloco-o no iPhone, ativo a aplicação e mudo o canal. Fácil!

O filho mais velho aparece, já meio atrasado para sair para a faculdade. Com a Smartpen Portugal, da Livescribe no portfólio diz adeus e sai apressadamente. Sorri ao relembrar como a caneta tem sido útil a ajudar a digitalizar os apontamentos das aulas. Poder mais tarde assistir aos ‘pencasts’ das mesmas tem sido excelente e aquela funcionalidade de ‘paper replay’, permitindo ouvir diretamente do caderno o áudio que gravou enquanto escrevia, além de fácil, nunca deixa de espantar os colegas. Para além de que, com a adoção por parte dos professores da Smartpen, mais ‘pencasts’ de conteúdo académico têm ficado disponíveis para complementar os apontamentos para estudar. Nem imagina que vai receber o novo modelo da Smartpen como presente de aniversário e que esta lhe permite emparelhar a caneta com o iPhone e com o iPad para apontamentos mais completos.

Agora é a vez da filha. Também já a ficar com falta de tempo, liga num instante a tomada da Mainline à calha elétrica para carregar o iPhone e nem se preocupa com a bateria do computador, uma vez que o pode carregar na sala de aulas, no bar, nas salas de estudo, nos laboratórios e nas zonas comuns, graças ao facto da escola ter instalado a Mainline e disponibilizado uma tomada para cada um dos alunos. Ela coloca agora os seus auriculares ‘Bassbuds’ (os seus novos melhores amigos) e lá vai ela para a escola.

Estou agora ponto para sair. No ecrã tátil da Leviton digito o código e o ativo o modo “AWAY” para deixar a casa protegida. Aparece um aviso no ecrã de que o sensor da janela do quarto está ativo. Fecho a janela e o alarme está pronto a ser ligado.

Antes de ir para o escritório ainda tenho tempo para tomar um café. Na mesa onde me sento, um iPad num suporte da Premier Mounts, permiti-me ficar rapidamente atualizado em relação às últimas notícias de desporto. Simpático para os clientes o café disponibilizar o iPad e bom para o estabelecimento poder fazê-lo em segurança.

Ao chegar à empresa, logo na receção, um colega menciona que o Lam, de Singapura está à minha procura com uma certa urgência. Ligo o Skype no iPhone e ao vê-lo online entro em contacto. Há um ficheiro que tem que ser enviado já. Aceito e a transferência começa. Bom, ainda bem que se tomou a decisão de colocar um adaptador Powerline Wireless nesta zona, assim consigo receber por WiFi todos estes ficheiros. Como o router wireless sem fios colocado no piso superior não cobria a zona de entrada, é muito prático poder resolver o problema ligando o adaptador Devolo à tomada elétrica mais próxima.

Ao chegar ao gabinete reparo que o portátil está a ficar sem bateria. Retiro, rodando, uma tomada que está no outro canto e insiro-a na calha, numa posição mais perto da secretária e ligo o carregador à tomada elétrica da Mainline. Realmente a calha elétrica de cor preta ficou mesmo bem com a última decoração feita.

Está quase na hora de sair, quando o meu amigo Guilherme me liga a desafiar para ir até ao campo de golfe no dia seguinte à tarde. Combinamos às 18h00 e aproveito para o colocar o colega sob pressão. Desde que ando a aperfeiçoar o swing com a ajuda do ‘GolfSense’ da Zepp Technology, tenho verificado melhorias evidentes na técnica dos movimentos. Recomendo-lhe que leve o seu Smartphone Android, uma vez que o ‘GolfSense’ é compatível com dispositivos iOs e Android. Desligo a chamada e sigo para casa.

Ao entrar em casa os filhos vão a sair para a corrida antes do jantar, equipados com os auriculares à prova de água H2O e com a braçadeira da Lifeproof para usufruir do exercício físico ao som das músicas preferidas no iPhone.

O dia já vai longo e é agora altura para relaxar com as colunas Bassboomz. A forma perfeita para descontrair após um dia intenso.

Obrigado, Yonos!